domingo, 24 de fevereiro de 2008

Eu e as minha asneiras...

Olá...

Hoje vou-vos falar das minhas más acções, pelo menos na opinião do meu dono, porque eu acho que não faço mal nem a uma mosca.

Eu gosto de muito de papel de desfazer revistas, por isso, o meu dono tem muito cuidado (às vezes) e não coloca revistas nem qualquer tipo de papel com um acesso fácil. Mas por vezes distrai-se e eu faço força, muita força para resistir ao ímpeto de roer, desfazer esse papel. Por vezes não consigo e quando o meu dono chega a casa e encontra ou a sala ou o meu quarto com milhares de papéis.

Uma vez, enquanto o meu dono trabalhava, ele deixou uma revista à minha merçe e eu não me fiz de rogada e então peguei na revista e desfiz em n de bocados, quando o meu dono chegou a casa pregou-me um raspanete que passou rápido.

Vejam como o meu dono encontrou a sala:

imagem(154)

Noutra altura, ele deixou uma revista no WC e eu fui buscá-la e levei-a para o meu quarto, desfiz a revista toda e além disso também fui buscar o rolo de papel higiénico e também desfiz parcialmente o mesmo. Quando o meu dono chegou ele ficou muito aborrecido comigo e para me castigar obrigou-me a ficar durante 10 min com o resto do rolo na boca, foi a maneira que ele encontrou para me convencer a não voltar a mexer em papel higiénico. Vejam as fotos:

dsc00201


dsc00202a


Até uma próxima...

2 comentários:

Soldado Desconhecido disse...

tens um foguetao na sala? hehe

Vera Roque disse...

Castigo dos duros... coitadinha!!